Saiba as diferenças e qual serviço de saúde procurar em cada caso

Em Cascavel na área de saúde há três tipos de unidade: UPA (Unidade de Pronto-Atendimento), UBS (Unidade Básica de Saúde) e USF (Unidade de Saúde da Família). São 3 UPAs, 13 UBS e 30 USFs.

Nós conversamos com a doutora Luciana Cavalli, assessora técnica da Secretaria de Saúde, e ela explica que a UPA tem como foco atendimentos de situações de urgência e emergencial.  “A população deve procurar esse tipo de unidade em casos mais graves (por exemplo, crises convulsivas, dor no peito, desmaio, falta de ar, paralisia de um lado do corpo e dor de cabeça muito forte que não melhora acompanhada de vomito). Em síntese e quando se tem uma situação de saúde que gere uma preocupação grande, com risco de morte ou de sequela”.

Já uma UBS é uma unidade de atenção primaria onde são realizados atendimentos de menor complexidade. A diferença da UBS para USF é a seguinte: “UBS tem uma equipe composta por um médico clínico, um médico pediatra e um médico ginecologista. Geralmente a unidade básica atende um bairro inteiro, já a USF tem um médico generalista, um médico do Programa Saúde da Família e mais uma equipe multidisciplinar que atende até 3,5 mil habitantes em uma área definida”, diz.

Segundo ela, tanto a UBS como a USF possuem uma equipe que compõem o atendimento, sendo enfermeiros, técnicos de enfermagem, cirurgião dentista, técnico em saúde bucal, agentes comunitários de saúde e assistente social.

Quando procurar UBS? “Sempre que não for uma situação de urgência e emergência o paciente deve procurar uma UBS ou USF, a depender do bairro em que a pessoa mora”. Luciana destaca que mesmo a USF não tendo ginecologista e pediatra, ela é capaz de atender casos dessas categorias, “os médicos de saúde da família possuem formação geral que permite resolver essas situações e aqui em Cascavel cada USF tem uma UBS de referência, quando o médico se depara com um caso que julgue necessário a avaliação de pediatra ou ginecologista, a própria USF agenda a consulta em uma UBS”.

Assessoria de Imprensa/Fernando Hallberg